.NET Open Source é um grande passo para .NET everywhere

Havia uma espectativa grande de toda a comunidade que a Microsoft anunciasse a compra da Xamarin no Build 2014 e assim ter o desenvolvimento para iOS e Android nativo ao Framework .NET. Mas o que foi  anunciado foi algo bem mais surpreendente.

A Microsoft anunciou a nova fase para o .NET Framework e para as linguagens de programação que de agora em diante serão Open Source. Tudo isto em parceria com a Xamarin, que juntos formaram, o que chamamos agora de .NET Foundation.

O .NET Foundation agrega todo o conjunto de tecnologias citadas acima e a Xamarin traz para este grupo um conjunto de APIs que possibilita o desenvolvimento para iOS, Android e plataforma Windows. São 24 projetos ao total, incluindo o mais falado compilador .NET Open Source: o Roslyn, que inclusive contém o compilador do C# e Visual Basic.

O .NET Foundation vai ajudar a acelerar a adoção do .NET através de todas as plataformas de computação/servidores, dispositivos móveis e desktops.

Miguel de Icaza
Co-founded and is CTO of Xamarin

Se você é um .NET Developer e gosta do mundo mobile, tire um tempo e veja a palestra que o Miguel fez no Build 2014 – Go Mobile with C# and Xamarin.

XamarinPlusMS

Xamarin é a empresa especializada em ferramentas de desenvolvimento móvel multiplataforma com C# e .NET, que permitem o desenvolvimento de aplicações para iPhone, iPad, tablets e celulares Android, Windows Store e Windows Phone, reutilizando a maior parte do código-fonte.

Este foi um marco na história da plataforma de desenvolvimento da Microsoft e não tenho dúvidas que em breve vamos poder escrever aplicações C# para diferentes ambientes e plataformas.  De acordo com a Microsoft, cerca de 6 milhões de developers utilizam o .NET ao redor do mundo… É muita gente! Imagine o mercado que isto irá gerar…

O futuro do .NET é ótimo. Agora o .NET estará em qualquer lugar. O ecossistema do cenário atual está representado abaixo:

E você? O que acha disso tudo? Tem algo a completar? Comente..

Assista as palestras do Build 2014

O //build é o evento esperado por todos os developers pois é onde ocorre os grandes anúncios do ano. Se você não foi um dos felizardos a estar em San Francisco no evento deste ano, assim como eu, prepare sua poltrona, a pipoca e o guaraná e assista as sessões gravadas que estão no Channel 9.

http://channel9.msdn.com/Events/Build/2014

O difícil é escolher qual ver primeiro.
Dica: se você usa Windows 8 e tem XBOX 360 ou XBOX One você consegue compartilhar o video do seu laptop para a TV facilmente clicando [windows} + [C] e depois [Devices].

Guia .NET para aplicações de negócios (Ebook Free)

Ainda no ano passado, para celebrar o lançamento do Visual Studio 2013, a Microsoft publicou um ebook muito interessante que pode ser baixado gratuitamente clicando aqui (6,02 MBK PDF).

O número de tecnologias no desenvolvimento Microsoft além de diariamente estar em constante evolução, é muito grande e podem ser aplicáveis à vários cenários de desenvolvimento de software em diferentes indústrias. Com isso os profissionais que estão envolvidos no desenvolvimento de aplicações podem achar difícil e complicado tomar certas decisões.

Este ebook fornece uma orientação sobre como selecionar efetivamente as tecnologias de desenvolvimento da Microsoft e também com as abordagens no desenvolvimento de aplicações, de acordo com as prioridades que você enfrenta no seu domínio do negócio.

Para quem é este livro?
Este guia será útil para os decisores, arquitetos de software, líderes técnicos e os desenvolvedores que estão envolvidos na escolha das tecnologias a utilizar para seus aplicativos e projetos baseados em plataformas de desenvolvimento da Microsoft.

Um ponto que vale ressaltar, é que este não é um livro para ler de ponta a ponta. Este é um guia de consulta e referência, que será usado sempre que possível.

Se puder, deixe seu feedback aqui.
Enjoy!

MVP ShowCast 2013–Arquitetura web moderna

mvp-showcast-logo-160x160No dia 30 de novembro participei do MVP ShowCast, evento que traz uma sequência de palestras online relacionadas a desenvolvimento de software e infraestrutura. Apresentei na trilha de arquitetura e falei um pouco de componentes e elementos de uma app moderna (ainda caberia NodeJs e AngularJs, claro).

E antes que digam sobre o slide 28/29, eu amo o MVC. Meus pontos a respeito foi para a observação do desenvolvimento MVP quanto a distribuição das responsabilidades (SoC), desenvolvimento colaborativo (UI Developer/Manage Code Developer) e testabilidade.

Não.. Não disse que o MVP é melhor que MVC ou vice e versa, ou um é substituível por outro (não entrei neste mérito). Padrões foram feitos para te ajudar, principalmente para deixar o código mais legível e compreensível (mesmo que seja somente você que leia o código). E nisto, ambos cumprem o papel, pois são padrões reconhecídos.

Para deixar claro:

Padrão MVP

  • A view é mais flexível ao modelo. O presenter é responsável pelo binding do model com a view.
  • É mais fácil de teste de unidade, porque a interação com a view é através de uma interface.(mais um ponto interessante para deixar a  view bem desacoplada para os testes de JS também).
  • Normalmente uma view tem um presenter. No MVP, uma view complexa pode ter vários presenters.

Padrão MVC

Resumindo, a idéia básica por trás do padrão MVP (que por sinal é baseado no MVC) é a separação de preocupações. Isso melhora sim a capacidade de teste e os mocks podem ser usados para testar parte do domínio. Além disso, nós podemos mudar as views para representar os dados do modelo de forma diferente. Mas isto depende do cenário, do ambiente em que está trabalhando, do projeto e a equipe que está. De toda forma, compensa estudar com carinho cada parte.

Existe um gargalo muito grande na interface quando se desenvolve aplicações web. Sendo assim, todo o cuidado com a view é pouco.

E você? O que acrescentaria a mais?

MVP Summit 2013

Estive no MVP Summit 2013 em Bellevue, WA novamente junto com outros 1400 MVPs de toda parte do mundo. E claro, sempre é uma experiência incrível, como reportei em 2012. Impossível de dizer em um post só. Até mesmo porque todo o evento é coberto por NDA (saiba o que é isto aqui), não dá para falar sobre tudo.

mvp-header

Um dos grandes benefícios de participar do MVP Summit é a oportunidade de interagir com os time de produto (Product Group) na Microsoft, bem como outros MVPs de outras nacionalidades. Esta oportunidade de conversar, compartilhar experiências e as coisas que estão por vir é inestimável.

*Legenda nas fotos.

Mais de 15h de voo. Mais de 20h ao total..  MVP Global Summit  Causamos no Welcome Reception.

MVPs do Japão  Welcome reception  No campus com o Chohfi.
Welcome Reception

No prédio do XBOX.  Prédio do IE (sim, o seu IE é feito neste prédio).  Microsoft Campus
Microsoft Campus

PG Evening Event, ao fundo o time de Azure.  PG Evening Event  Com MVPs do Japão no PG Evening Event.
Evening Event

Com Phill Hack no GitHub drinkup.
GitHub drinkup com Phill Hack

Com Anders Hejlsberg, o criador do C# e agora do TypeScript.  Parte original do Muro de Berlim de 1989. Presente da Daimler - Benz AG para Bill Gates, em 8 de Fevereiro de 1996.  No building 33 do Microsoft Campus
Com o criador do C#, Anders Hejlsberg no final da track de TypeScript.
Ao lado com o pedaço real do muro de Berlim que Bill Gates ganhou de presente em 1996.

No lançamento mundial do XBOX One  O Surface 2  Microsoft Surface 2
No lançamento do XBOX One e ao lado o novo brinquedo, o Microsoft Surface 2

Festa de encerramento no Seattle Aquarium  MVPs brasileiros com o super JP  Seattle Aquarium
Festa de encerramento no Seattle Aquarium.

Seattle view  Com os amigos Kadu e Melissa em Seattle
Just a Seattle view. Amazing and wonderful view.

Durante os dias que passei nos Estados Unidos, eu aprendi muito e curti bastante. Estou muito feliz e agradecido a Microsoft. Muito obrigado todos do programa MVP Award, a organização MVP Global Summit, a nossa lead Fernanda Saraiva e aos times de produto por compartilhar o conteúdo e ainda encontrar tempo para se envolver com MVPs.