Incrível! Google no projeto .NET, Microsoft na Linux Foundation, Visual Studio no Mac, .NET nas TVs Samsung, e muito mais. Um pouco do primeiro dia do Microsoft Connect(); //2016

<post longo – sim, foram muitas novidades>

Microsoft Conncect(); // 2016

image

O evento dos maiores anúncios deste ano para desenvolvedores de software. O primeiro dia foi realmente fantástico. Quem não estava acompanhando nestes últimos dias ou não acompanhou até ontem, pode ficar bem espantado com todas as novidades, que por sinal, são sensacionais!

A comunidade inteira está bem animada, o pipeline de trabalho toma outra forma e prevemos um rampup dos .net developers. Salve salve..

SQL Server no Linux

Eu jamais acharia que ia ver isto. Mas está lá! O SQL Server Linux foi disponibilizado ontem para todo o planeta usar.

sqlserverlçinux

image
https://www.microsoft.com/en-us/sql-server/sql-server-vnext-including-Linux

Se quiser já testar pelo Docker, no Linux (claro), basta puxar a imagem do docker

sudo docker pull microsoft/mssql-server-linux

Depois rodar com as credenciais

docker run –e 'ACCEPT_EULA=Y' –e 'SA_PASSWORD=<YourStrong!Passw0rd>' -p 1433:1433 -d microsoft/mssql-server-linux

Mais detalhes nesse tutorial abaixo bem simples que ajuda você nesse início
https://docs.microsoft.com/en-us/sql/linux/sql-server-linux-setup-docker

Ou veja no link abaixo como testar direto no Ubuntu:
https://docs.microsoft.com/en-us/sql/linux/sql-server-linux-setup-ubuntu

Anúncio do Visual Studio 2017 RC, Visual Studio for Mac (Preview)

O Visual Studio está se tornando uma suite muito mais completa do que imaginávamos.

Visual Studio 2017 RC

Muito esperado por todos durante esse ano, veio de presente pro natal. Hehe..  O VS 2017 está ainda na versão RC, mas já dá pra irmos testando e fazendo o reconhecimento de campo. Pra baixar basta acessar esse link. E veio muita coisa boa no Visual Studio 2017. Veja aqui e veja esse video.

Visual Studio for Mac (Preview)

Não é o Visual Studio Code que já tínhamos no Mac. Além dele, agora temos um Visual Studio nativo em Mac. Ainda é preview, mas vem com as features que já conhecemos do Windows, com build, debug etc. O legal de ter uma suite dessa direta no Mac, além da liberdade de poder desenvolver pro ASP.NET Core, é poder trabalhar nos projetos Xamarin direto no Mac com a melhor experiência que o Visual Studio já oferece.

image

Pra baixar o VS for Mac vá para este link.

Visual Studio Code

O Code foi para versão 1.7. Ele que está presente no Linux há muito tempo, também está para Mac e Windows. O legal do Code é a quantidade de extensões boas e interessantes que estão surgindo a cada dia. Tenho usado muito no desenvolvimento web. Para saber mais do Visual Studio Code veja esse video e para o Visual Studio for Mac veja esse video.

3

Anúncio do .NET Core 1.1 RTM

Disponibilizado também ontem, a versão 1.1 do .NET Core. Nesta versão ainda adicionado para mais uma série de distros Linux e uma série de outros OS. Veja o update no release notes.

ASP.NET Core é o Framework mais rápido da atualidade

O ASP.NET Core tem se mostrado rápido desde sua criação. Só que isso vem melhorando cada vez mais. No último test framework que a TechEmpower fez, o ASP.NET Core é atualmente o framework web mais rápido que existe!! A melhoria é surpreendente. Na medição passada (#11) o framework fazia 2.120 requisições por segundo. O que foi muito comemorado! Neste de agora estamos fazendo 1.822.366 requisições por segundo. É uma melhoria de 85.900%. HAHAHA!! Incrível, incrivel… Como eles mesmo disseram no post, isto não é um erro de digitação, ele está 859 vezes mais rápido. Wowww…

O asp.net core ocupa a #10 posição na frente de todos os frameworks, a primeira nos frameworks web e bem na frente do NodeJs que está na #41.

image
https://www.techempower.com/blog/2016/11/16/framework-benchmarks-round-13/

Google agora faz parte do projeto .NET Foundation

Pode não parecer, mas o Google é um dos maiores colaboradores no projeto .NET fora da Microsoft. Eles estão ajudando na padronização do ECMA para o C#. Ontem mesmo o Google lançou uma nota da sua participação no .NET Foundation.

image

image
Anúncio ontem durante o Microsoft Connect

image
Vejam só como está o universo .NET. Que maravilha isso.

Microsoft é Platinum Member da Linux Foundation e fortalece ainda mais seu compromisso com Open Source.

image

Também parece mentira. Mas não é. A Microsoft agora faz parte da Linux Foundation. Com isso dá pra ver o quanto o termo Open Source está sendo levado a sério pela Microsoft. E pra onde se está caminhando com integrações e união dos dois mundos. É algo fantástico e que quebrou muitos paradigmas. Leia mais sobre o anúncio feito pela Linux Foundation.

.NET Core agora vai rodar na sua TV Samsung

Isso foi bacana. .NET Core anunciado pela Samsung com suporte no Tizen, que está  em mais de 50 milhões de devices no planeta! Tizen é um sistema operacional Open Source baseado em Linux que é executado em TVs e outros dispositivos.

Não é só nós que ficamos felizes com isto. O anúncio saiu no NewsRoom da Samsung hoje. Veja aqui. E já tem uma área developer especialmente para isto no site de desenvolvimento do Tizen.

image

image
.NET Core rodando em uma TV

Azure Cognitive Services

image

Gostei demais disso também. Existe um API de que eles chamam de interação contextual natural baseada em inteligência de máquina. É um serviço do Azure que possui uns algoritmos muito poderosos para realizar a inteligência artificial para a visão, fala, idiomas e áreas de conhecimento.

Foi apresentado um demo que fizeram com o Uber. Para o aplicativo do carro reconhecer se o motorista que está dirigindo é realmente o motorista cadastrados. Ou se a pessoa que solicitou é aquela mesmo. Justamente por segurança. A API consegue determinar até mesmo a idade, gênero, humor e outras reações da pessoa pelo aplicativo. Também foi feito outra demo com o reconhecimento de voz e rosto para realizar compras. Ainda está lá como Preview, mas já da pra ter uma noção do que isto vai trazer pro mercado.

Outros anúncios

Teve muita coisa e realmente é bem difícil acompanhar tudo. Creio que muita gente dormiu pouco de ontem pra hoje testando e se atualizando. Além disso tudo teve anúncio do novo TFS 2017, traduções do Microsoft Translator baseado em redes neurais para todos os idiomas, novidades do C# 7, Unity, do Microsoft Graph, do Xamarin, Windows Apps Bridge e uma série de outras coisas que continuam ainda hoje, 17/11/2016, dia 02.

Muitas outras pessoas da comunidade blogaram ou fizeram hangouts sobre veja abaixo alguns links de complemento:

Ufa! Para acompanhar o evento ao vivo acesse o site do Connect.

Abraço e sucesso a todos!

Finalizei a 1º turma de Pós Graduação capacitada no desenvolvimento Universal Apps

Salve salve!

Com base no sucesso do Student To Business, em 2015 eu recebi o convite da Faculdade de Tecnologia SENAI para ser professor do curso de pós graduação de desenvolvimento apps para dispositivos móveis, que além da aula, fizemos uma série de atividades off-class, que se fundiram com atividades da comunidade técnica tratando de Microsoft Azure e Visual Studio Team Services. Tem sido uma experiência bem legal.

72334_10154733791884466_5435788066464484259_n  10431548_10154735947569466_2938309077654209403_n

Sobre as aulas foram dois módulos. Sendo um focado somente no desenvolvimento para Windows Phone e outro para Universal Apps, que já engloba tanto Windows Phone App, quanto Windows App. Como disse antes, eu já havia realizado um treinamento semelhante, porém em um formato mais dinâmico pelo Microsoft Student to Business em 2015.

Por fim os alunos ainda conseguiram desenvolver dois aplicativos!
Sensacional…

Multiplataforma e código aberto na Microsoft? Entenda e tire proveitos

É isso mesmo que você leu e eu não estou louco. Mas se eu tivesse escrito isto há alguns anos atrás sim, eu poderia estar louco. Nesses últimos 2 anos tivemos a mudança de um novo CEO, Satya Nadella, que de fato está inovando bastante e trazendo uma visão jamais vista antes.

Eu não sei por onde começo. Mas se você é um cara antenado, provavelmente já deve ter lido em algum blog (como o do Scott Hanselman) ou assistido os keynotes do Connect(); que uma das palavras mais falada na Microsoft nesses últimos meses foram Cross-platform e Open Source.

Só pra vocês terem uma ideia, o código do .NET está no GitHub (http://github.com/dotnet), além do código que já havia sido aberto. Agora você pode acompanhar todas as novas implementações ou sugerir algo via pull request. Irei falar disso tudo mais abaixo.

Para visualizarmos toda essa nova fase da Microsoft para o mercado eu separei em pequenos tópicos abaixo:

Mercado de consumer

Mobile marketAplicações como Office Mobile, OneDrive, Outlook.com, OneNote, Lync, Skype e outros já estão disponíveis em Android, iOS, assim como no Windows/Windows Phone também. Um fato é que a Microsoft, agora, está onde seus usuários estão. Se você usa Android ou iPhone, sim você poderá usar o OneDrive, falar no Skype ou por exemplo usar o word para editar seus documentos.

Você também pode ter tudo isso na plataforma web caso você tenha um e-mail @outlook ou @hotmail. Aposente o seu pen drive, você não precisa carregar esses arquivos no seu bolso.

Microsoft Azure

Microsoft AzureA plataforma de nuvem da Microsoft possui uma série de serviços de computação, armazenamento de dados, rede entre outras que ajudam a turbinar as aplicações e ao mesmo tempo economizar dinheiro, justamente porque você vai pagar somente pelo que usar. E nesse ambiente em nuvem se formos criar uma Virtual Machine vamos nos deparar com a opções de SO como Ubuntu, CentOS, Suse, etc.

Criando uma VM no Azure

Isto ocorre também quando se cria um novo site no Azure e nos deparamos com Web Apps não-Microsoft como o famoso “Apache TomCat”.

Azure Apps

Com o Azure você pode ter vários ambientes para testar e rodar suas aplicações e pagar apenas pelo o que usar.

Windows Server e Docker

DockerDocker é um aplataforma aberta para desenvolvedores e administradores de sistemas que ajuda a construir, entregar e executar aplicações distribuídas. Se você não conhece, assista o vídeo que o Giovanni Bassi fez a respeito.

O motor do Docker é Linux e para rodar no Windows você precisa de criar uma VM Linux (pode ser no Azure). Mas isto não vai ser mais preciso, pois no mês de outubro deste ano a Microsoft anunciou uma parceria com Docker para dar suporte nativo na futura versão do Windows Server.

Visual Studio 2015

VS 2015Aqui existem muita novidade. Mas vamos nos atentar para as duas grandes novidades.

 

#1 – Agora você pode usar o Visual Studio 2015 para criar aplicativos para as plataforms iOS e Android.

  • Visual Studio Tools for Apache Cordova: poder criar aplicativos multi plataforms utilizando HTML, CSS e JS. Isto vale a pena demais. Dê uma olhada no Cordova e leia mais clicando aqui.
  • Debugging: debugar apps Android e iOS.
  • Visual Studio Emulator para Android: um novo emulador, leia mais.
  • Xamarin: parceria forte para incluir na versão gratuita do VS o Xamarin Starter Edition e ai sim criar aplicativos para iPhone, iPad, Android utilizando C#. #notbad

#2Visual Studio 2015 Community Edition. Ou seja, um VS na versão FREE.

Esta edição é semelhante à edição Professional anterior, e agora é livre para os desenvolvedores independentes. (As empresas devem ainda licenciar Visual Studio para uso comercial). Esta é uma edição muito mais útil do que as edições anteriores Express: você pode construir web sites, aplicações móveis e aplicações do Windows, todos com a mesma edição. Você não está limitado a apenas um estilo de aplicação. Além disso, esta nova edição Community suporta plug-ins e extensões.

Git

GitPor vários anos a Microsoft forneceu um sistema de controle de versão próprio, que atualmente é representada pelo Team Foundation Server e Visual Studio Online. Cerca de dois anos atrás, a Microsoft anunciou que iria começar a oferecer repositórios baseados em Git. E assim está!

Visual Studio Online

VS OnlineDe forma geral são os recursos do Team Foundation Server (TFS) mais os serviços de nuvem para gerenciar projetos de desenvolvimento.
Vendo que o TFS é executado somente em Windows, o Visual Studio Online podem atender clientes que executam qualquer sistema operacional.

Por exemplo, se você desenvolve uma aplicação para Linux e usa o Eclipse para criar aplicações Java, você pode usar o Visual Studio Online para a controle de versão (usando Git, por exemplo), acompanhamento atividades e itens de trabalho (Scrum), automatização de builds e muito mais. E a boa notícia é que para até os cinco primeiros usuários o uso é grátis!

Application Insights

Application InsightsÉ uma ferramenta da Microsoft para detectar e resolver problemas para ajudar a melhorar continuamente suas aplicações. Basicamente te dá uma visão de como sua aplicação está se comportando e como ela está sendo utilizada pelos usuários. Atualmente suportando aplicações ASP.NET, serviços WCF, Windows Phone e Windows Store apps.

E o que isso tem a ver com o desenvolvimento multi-plataforma? Bom, na semana passada a Microsoft anunciou a compra da HockeyApp que vai dar o suporte de mobile apps para o Application Insights, tais como Android, iOS, Linux, Java, Azure, Windows Phone e outros dispositivos do Windows.

.NET Core

.NET FoundationTambém no evento Connect();, a Microsoft anunciou de fato a entrega do .NET Core como o open source, ou seja o núcleo do .NET agora tem o código aberto.

E o que isto significa? Bom, se você quer criar um website usando ASP.NET você já pode usar Mac ou Linux ou Windows. Codificar dentro do Sublime, por exemplo usando o Omnisharp.

É claro que isto atinge muitas outras tecnologias da plataforma .NET, como o novo compilador do C# (Roslyn) e outros que você pode ver a lista completa no site do projeto .NET Foundation, já citado aqui em outro post.


O futuro do ecossistema .NET ficará mais forte e vai crescer ainda mais. Novos desenvolvedores virão para a plataforma, novos projetos serão aderidos e para quem já trabalha com .NET vocês conseguem imaginar o quanto de boas oportunidades vem por ai?

A Microsoft tem mudado bastante nesses últimos anos e estas novidades irá trazer bons efeitos. Agora tire um tempo e vai se divertir com isto tudo.

Existem outras iniciativas que sou incapaz de citar aqui, fique a vontade para completar nos comentários.

Bem vindo à nova era.
Falow.. Valeu!  #dotnetcrossplaform

Desenvolvendo para Windows 7 (Dicas e Truques)

Quer conhecer algumas dicas e truques de desenvolvimento para Windows 7?
Aproveite para acessar o blog de Alex Schulz, especialista em desenvolvimento da Microsoft Brasil.

Veja abaixo alguns dos tópicos disponíveis no blog:

Rodrigo Kono
MVP [ASP.NET] – MCP – MCTS (WEB – SQL) – MSP
DevGoiás.NET Lead
INETA Brasil Board

Treinamento Windows 7 na Microsoft em São Paulo

imageEstive na Microsoft no dia 03 de junho (quarta-feira) para um treinamento do Windows 7 (ACA), ministrado por Caio Garcez, que é profissional do time da consultoria Microsoft, a compatibilizar as aplicações para Windows 7.
O ACA – Academia de Aplicações para Windows – é uma iniciativa que traz conteúdos e treinamentos exclusivos sobre compatibilidade de aplicações.

Vi bastante coisas interessantes. como os principais pontos de incompatibilidade do Windows 7 com o Windows XP e o Windows Vista. Novidades do User Account Control, Windows Resource Protection, versão do Sistema Operacional, Modo de Compatibilidade e Modo Protegido do IE8, Isolamento da Sessão 0 e File Libraries, entre outros. Também foi abordado o uso de shims na ferramenta Compatibility Administrator para relatar problemas de compatibilidade.

Uma funcionalidade super interessante que achei foi o PSR (Problem Steps Recorder). É uma ferramenta muito útil que grava os passos de operação do sistema, gerando no final um documento com imagens, descrições e detalhes que podem ajudar e muito na auditoria de problemas de usuários.

De quebra vou abrir um parênteses e falar brevemente do PSR para vocês.

Vamos lá:
Para usar vá no menu Iniciar, digite psr ou psr.exe para listar e clique para abrir.

image

Quando iniciar a gravação você já está apto a realizar o possível procedimento que está tendo problemas na sua máquina.
O PSR monitora e grava tudo e ainda te dá opção para adicionar um comentário em qualquer parte dos passos.

Finalizando, você salva o arquivo (zip), que por sua vez possui um arquivo de extensão mhtn (espécie de html).

image
Arquivo mht contendo os registros 

Pronto. A partir disso, você poderá enviar o problema para qualquer amigo, assistencia técnica, suporte etc a te ajudar no que for preciso para solucionar seu problema de uma maneira mais ágil e simples.

Abaixo algumas telas dos Relatório de amostra:

image
Passo a passo com telas e descrições claras e detalhadas.

image
Detalhe adicional

image 
Ponto interessante: Caso tenha alguma janela rodando com privilégio de Adm, ela informa que os passos dela não serão gravados.
Para isso o psr deveria rodar como Administrador.

Finalizando, o Windows 7 tem tudo pra migrar os usuários de XP e Vista.
Está bem maduro, ágil e inteligente.

Abaixo algumas fotos dos momentos de quarta-feira.
Sempre é bom rever os amigos. =)

DSC03625  DSC03518  005

DSC03520  DSC03528  DSC03519
Carlos Santos (MVP/INETA). Lino, Edgar(PE) e M.Sete(MG). Rodolfo Roim (MVP Lead)

DSC03525  004
Reunião rápida com os MSPs no final do dia e
eu com a tradicional foto na logo da MS (devo ter umas 50 fotos iguais a essa)

Ps.: O MSP José Lino aqui de GO, também foi para o treinamento em SP.

Show!
Vamos que vamos…

Rodrigo Kono
MVP [ASP.NET] – MCP – MCTS (WEB – SQL) – MSP
DevGoiás.NET Lead
INETA Brasil Board