Células .NET – Dicas, modelos e coisas que nunca te falaram sobre Células.

Olá pessoal.

No ano retrasado e no ano passado me envolvi muito com o Projeto Células Acadêmicas (.NET CELLS). Nesse tempo pude perceber algumas reações e comportamentos interessantes dentro desse meio.
Nesse post vou retratar de três assuntos que já havia dito em outro momento envolvendo as células.NET.

Coisas que nunca te falaram sobre Células Acadêmicas!
Abaixo está descrito algumas situações correntes e aponto como podem ser melhoradas:

* Situação: Célula após de aprovada espera ansiosamente pelo "kit .net" e iniciar os estudos:
O kit que a célula recebe é um kit de boas vindas. É um material enviado para a célula reconhecer que a Microsoft está apoiando e acompanhando a sua evolução com a tecnologia. Antes de receber o Kit a célula pode iniciar os estudos muito antes através de pesquisa nos sites da MSDN, The Spoke, Linha de Código, sites e listas dos Grupos de Usuários, entre outros. É muito conteúdo. Para as dúvidas recomendo uma boa leitura do assunto em questão, caso não ache a resposta que gostaria procure o Fórum da MSDN ou da lista de discussão do seu grupo de usuários. Vale lembrar que mesmo sabendo determinado assunto sempre é bom discutir e trocar informações para aumentar seu conhecimento.

* Situação: Após um a dois meses da célula ativa, as células começam a enviar e-mails para a Microsoft solicitando mais livros ou brindes:
Existe um certo controle e observação do andamento e atividade da célula. Isto é justamente referente ao apoio da Microsoft às células. O apoio pode ser de várias maneiras, através de outro kit de estudo, através de convites ao TTT, nomeação do líder para Estudante Embaixador, indicação para trabalho entre outros. É preciso reportar algumas coisas para que sua célula siga esses caminhos, como o envio da ATA de reunião para a MS, postagem no The Spoke/MSN Spaces pelo líder e demais membros, participação no Imagine Cup, etc. Isto está mais bem representado no Framework Acadêmico no seguinte link do blog do Panigassi: http://thespoke.net/blogs/panig/archive/2005/09/28/474996.aspx
Esse apoio virá na medida em que cada célula alcançar um determinado nível de maturidade.

* Situação: Três a quatro meses do andamento da célula, os encontros já não são mais freqüentes e as 20 pessoas que se reuniam, apenas 5 estão juntos na batalha:
Isso é nato! Pode acontecer mesmo. É preciso querer, ter interesse e objetivo bem definido para que todo o seu investimento intelectual passado não se torne em simples aventuras. Para entendermos o modelo populacional das células basta olharmos o post retratado de forma gráfica no blog do Rogério Panigassi (http://thespoke.net/blogs/panig/archive/2005/09/27/474642.aspx). Nesta imagem fica claro o funcionamento.

Vale lembrar que o maior valor não está nos livros ou camisetas. O conhecimento técnico e gerencial, o relacionamento (Network), um contato próximo com a Microsoft, a experiência e os amigos são com certeza a grande recompensa de todo o envolvimento.

E para você? Qual é o maior valor?
Comentem este post, critiquem, tirem suas dúvidas e dêem suas opiniões. Este é o nosso canal!

Existem outros cenários e quero poder retratar aos poucos no meu blog. São fatos que ocorrem frequentemente e espero que o conhecimento prévio ajude-os na caminhada para o alto e avante!

O MODELO

Existem várias formas de uma Célula Acadêmica organizar o método de estudo. Geralmente quem define isso é o líder em conjunto com os demais membros. Sempre me perguntam como qual é a melhor forma de estudar em grupo, como interagir e aprender.

Existem dois modelos básicos que praticamente várias células também utilizam, eu gosto e descrevo abaixo:

Processo inicial
O primeiro passo é toda célula estudar o .NET Framework e entender toda a estrutura e funcionamento das principais classes e funções. (O que é, o que se pode fazer, como se porta, qual a diferença da programação Win32, abrangência, etc).

Interação (Modelo A)
Após a base criada e bem entendida a célula poderá dividir entre membros as atividades de interesse. Por exemplo: três pessoas se interessam em estudar ADO.NET, outros 3 se interessam de estudar C#, outros se interessam por ASP.NET.
O legal está em definir os membros comprometidos da semana, os quais irão apresentar o assunto estudado em uma data marcada. Em cada semana um membro comprometido é sorteado ou nomeado. Os tópicos de estudo podem variar e serem trocados (quando o grupo de ADO.NET for estudar C# eles irão poder trocar informações com o grupo que acabou de estudar C# e vice e versa). Esse modelo é interessante, pois permite a troca de informações de uma forma rica entre diversos tópicos com os participantes da célula que se tornam especialistas em cada assunto.

Interação (Modelo B)
Também de outra forma muito bem produtiva é toda a célula estudar o mesmo assunto que é definido por semana ou mês. Neste caso indica-se um ou mais membros comprometidos que irão fazer apresentações e mostrar exemplos práticos aos demais membros da célula. As dúvidas são discutidas após a apresentação e pode se estender para o The Spoke ou outro encontro. Esse modelo é indicado por todos aprender e estudar juntos ao mesmo tempo.

Qual é o modelo de estudo da sua célula? Comente e me diga!

AS DICAS

Considero os passos abaixo como os 10 mandamentos das células .net.

1) Faça o download dos treinamentos on-line através do link:http://www.microsoft.com/brasil/msdn/CincoEstrelas/downloads/Default.mspx. Assista e estude com a sua célula.
2) Participe (Você e toda sua célula) do The Spoke http://thespoke.net ou do MSN Spaces (www.spaces.live.com)
3) Participe do Forum do MSDN http://www.msdn.com.br/forum
4) Leiam e comentem sempre que puderem em meu blog.
Estarei colocando novidades e outras dicas por aqui: http://kono.spaces.live.com
5) Acompanhem sempre o blog de Rogério Panigassi (Gerente Acadêmico da Microsoft):
http://thespoke.net/blogs/panig/default.aspx
6) Postem frequentemente nos seus blogs e comentem nos demais blogs de outros membros e líderes de célula espalhados pelo país.

7) Faça seu network, você só tem a ganhar.

8) Comunicação é o caminho, a internet o meio.
9) Leia os blogs dos MVPs (Most Valuable Professional) e dos MSPs (Microsoft Students Partners).
10) Estude, estude e estude!

"O segredo para o sucesso é fazer as coisas comuns incomumente bem".
(John D. Rockefeller Jr.)

Abraços!

Rodrigo Kono
MSP – MCP .NET 2.0 – MCTS
DevGoiás.NET – www.devgoias.net
INETA Brasil – Speaker/Cmt. Relacionamentos – www.inetabr.org

  • Glebe Duarte de Mello Júnio…
    Boa Kono,
     
    Nossa cara tem muita coisa que identifico aí sim. A nossa célula daqui foi criada em 2005, entramosem contato com a MS e nunca recebemos nenhum Kit, depois todos sumiram e mais nada foi feito. Me pergutava se o único interessado era eu, bem, descobri que não.
     
    Resolvi então refazer nossa célula, convidei pessoas, organizamos um mini evento para os alunos, exlicamos o que era do que se tratava nos inscrevemos no site das células em julho de 2006 (também não recebemos nenhum kit até hoje) e desde enão estamos realiando eventos e reuniões estudando e ajudando aos estudantes a encontrarem um caminho profissional (vários alunos que participam da célula, já estão trabalhando com .NET).
     
    Ainda temos muitas dificuldades e espero poder me tornar um MSP para ajudar mais. Estamos ralizando e eventos e já somos referências de .NET em nossa cidade, quase toda comunidade de alguma tecnologiana cidade já sabe de nossa existênciae de nossa competência com .NET.
     
    Vamos realizar o maior evento de tecnologias Microsoft já feito em nossa cidade e por aí vai…
     
    Mas nem por isso fugimos a alguns dados que você passou, a fuga de pessoas, poucas pessoas realmente interessadas (comprometidas) em estudar e passar este conhecimento. Mas estamos na luta e tenho certeza que faremos muito mais.
     
    Este tópico é excelente.
     
    Abraços.
  • Evilázaro Alves da Costa
    Fala japa,
     
    é isto ai, vc centralizou as informações mais importantes da celula aqui, muito bacana mesmo!! vou fazer uma indicação a este post no meu blog.
     
    Abraços!