Palestras em faculdades

Para registro, nesses últimos dias estive, a convite, em duas faculdades para ministrar 2 palestras.
Os temas abordados foram Silverlight 3, RIA Services e ASP.NET 4.0.

PUC – GO
20 de outubro

IMAGE_037 IMAGE_038

SENAC – Ap. de Goiânia
11 de novembro

DSC05361 DSC05360

Esteve também nesses eventos, o MSP José Lino Neto falando de BI e tb o MVP Álvaro Rezende falando de Certificações e do Windows 7.

Palestrar em faculdades é bom por levar o conhecimento para a moçada nova que está começando a carreira e pela descontração.
Por outro lado vejo alguns problemas como a falta de feedback com o palestrante, o não aprofundamento no tema/assunto (em grande parte temas iniciais e superficiais) e também o grande vilão: a falta de interesse. Isso já foi tema de uma longa discussão, não quero prolongar isto, mas gostaria de saber da sua opinião neste humilde post.

  • Roberto Mascarenha​s Braga

    Kono,

    o espaço que a comunidade técnica tem nas faculdades/universidades deve ser entendido como uma oportunidade de fisgar novos membros ativos para a comunidade. É ir e mostrar conteúdo que surpreenda. Se eu for em algum lugar palestrar e pelo menos uma pessoa do público se interessar, já valeu a pena. E outra que falo por aí… Separação em comunidade técnica e comunidade acadêmica não existe, é uma coisa só. O que existe são diferentes níveis de conhecimento e engajamento.

  • Sara Jardim Barbosa

    Assunto complicado esse do Interesse. Como Alliston disse muitos querem apenas o diploma, poucos estudantes acordam para ‘vida’ na faculdade, creio que muitos demoram amadurecer. Mas não tem muito o que discutir sobre o que já ‘existe’. Acho que o melhor seria discutir uma maneira de mudar isso. Ou devemos apenas deixar de lado? Também outro dilema complicado. Ainda sim, não sei se por estar do lado dos estudantes, creio que muito pode ser feito. Eu topo qualquer tipo de desafio para ‘tentar’ mudar essa concepção da falta de interesse em Goiás. E Você? e Vocês?

  • Alliston Carlos Rosa Aleixo

    Legal, parabéns pela divulgação e pelos ótimos temas!
    Sobre a falta de interesse, isso é normal. A maioria dos que estão na faculdade tão lá pra pegar o diploma e ficarem em cela especial quando forem presos (cara, sem zueira, um colega meu já disse isso).
    Como eu tô me formando agora, eu conheço bem essa realidade. É triste, mas é a verdade.
    A gente pode tentar mudar isso mostrando primeiro como que a discussão de tecnologias gera conhecimento, mas é um processo longo e dispendioso.
    Vejamos o que pode ser feito ainda 🙂